Nota de Esclarecimento

Tendo em vista os inúmeros casos de golpes a pacientes e acompanhantes que vêm ocorrendo em hospitais de todo o país, esclarecemos que este Hospital Ana Nery é uma unidade pública que integra a rede de assistência da Secretaria da Saúde do Estado e atende exclusivamente por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Diante do relato de acompanhantes de que teriam sido exigidos valores para realização de exames, informamos que a nossa equipe do Serviço Social e Assistencial reforçou com familiares e pacientes internados que o atendimento na Unidade é 100% gratuito e, portanto, não cobramos por nenhum material. Na ocasião, a equipe ainda os orientou que, nesses casos, é necessário também prestar queixa em uma delegacia.

Ademais, vale ressaltar que este Hospital intensificou a divulgação de tais informações no seu Instagram, site, murais digitais e físicos, bem como nos seus principais pontos de atendimento ao público (Recepção, UTIs, Serviço Social e Ouvidoria), por meio da distribuição de panfletos aos familiares de pacientes.

Destacamos que nenhum colaborador que atua na Unidade tem autorização para fazer qualquer tipo de solicitação de pagamento para realização de procedimentos, exames ou consultas. A Diretoria do HAN já está ciente da situação e está apurando e auxiliando nas devidas diligências. Caso seja comprovada a participação de algum colaborador, a Unidade tomará as medidas cabíveis e o responsável responderá conforme previsto. Ressaltamos ainda que o médico citado não faz parte do quadro do Hospital Ana Nery.

Qualquer dúvida, pedimos que entre em contato com a Ouvidoria, canal oficial de atendimento ao público-alvo do HAN. O setor funciona no térreo da Unidade, de segunda a quinta-feira, das 7h às 17h e na sexta-feira, das 7h às 16h. As manifestações podem ser apresentadas por meio do formulário eletrônico, disponível no nosso site (han.net.br); do Opinário, que é distribuído diariamente e encontra-se disponível também nas urnas da Ouvidoria, localizadas em diversos setores do Hospital; do e-mail (ouvidoria@han.net.br); do telefone (71 3117-2030), presencialmente ou através de abertura de demanda no Sistema Ouvidor SUS.

Olá, em que posso ajudar?