Odontologia hospitalar do Ana Nery cumpre papel de extrema relevância em pacientes a serem submetidos a cirurgia; veja

“Uma boca contaminada pode contaminar qualquer ferida cirúrgica, qualquer corte que o paciente tenha em seu corpo”. A afirmação é do dentista Dr. Delson Arcanjo, coordenador da odontologia hospitalar do Hospital Ana Nery (HAN).

Para evitar esse problema, o HAN mantém um setor de odontologia hospitalar, que desempenha um papel de extrema importância na unidade: prevenir contaminações pós-cirúrgicas. [Assista vídeo ao final do texto]

“Aqui no hospital, nós tratamos exatamente disso: nós limpamos a boca do paciente, para que ele tenha sucesso também na cirurgia. Isso tem sido uma prática diária, em pacientes cardiopatas, como é o perfil dos nosso hospital, e os nefropatas também”, explica Dr. Delson.

De acordo com ele, a prática vem sendo executada há bastante tempo e com muito sucesso no Ana Nery. E, além de evitar contaminações aos pacientes, o serviço acaba permitindo uma alta mais rápida do paciente, liberando a ocupação de leitos.

“A gente dá a possibilidade de mais gente ser operada e evita intercorrências pós-cirurgia. E nos dá a possibilidade de operar mais gente e liberar a fila, que tem sido muito grande”, conclui o dentista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, em que posso ajudar?